`
frame_0.jpg

Especial Autocuidado:

 

cuidado como estratégia de amor,
auto-preservação e resistência.

 
 

Como podemos alimentar um cuidado diário com nossos sentimentos, emoções e estados mentais? De que forma nossas relações interferem ou contribuem para a nossa saúde mental? Como estabelecer limites nas relações para seguir cuidado do espaço individual inclusive durante a relação com outras e outros? É possível permanecer estáveis e inteiras no ambiente de trabalho, independente de qual seja? E como podemos, afinal, amar nosso corpo — seja o corpo que for?

Diariamente, somos bombardeadas por pressões, cobranças, demandas. São tantos estímulos externos que não sobra espaço e tempo para escutarmos nossa demanda mais genuína. Vamos fazer isso quando a casa já desmoronou: o corpo deu sinais de esgotamento, as relações de trabalho ou pessoais já se tensionaram, a saúde mental se esvaiu. Você já se viu em alguma dessas situações?

Aqui, na Comum, olhamos para o autocuidado como a ferramenta potente que é capaz de nos fazer viver uma vida mais plena. Confira nosso vídeo manifesto:

 

autocuidado 3.jpg

O que é autocuidado?

Autocuidado não é, necessariamente, sobre pequenos agrados eventuais, sobre atender os próprios desejos. Não é só sobre a nossa própria felicidade.

Por uma perspectiva mais ampla de desenvolvimento humano, autocuidado, para as mulheres, tem um sentido mais profundo. É uma estratégia para encontrarmos caminhos de subverter lógicas de gênero predominantes, como sempre cuidar ao invés de sermos cuidadas e, hora ou outra, ultrapassarmos limites internos rumo à exaustão. É uma potência social, de resistência e afeto.

Para mergulhar no assunto imergimos em histórias inspiradoras de mulheres incríveis e reais que desenvolveram um caminho genuíno de autocuidado como ferramenta de transformação, além de encontros online, material de aprofundamento e práticas.

Autocuidado, para a Comum: acolhimento diário e resistência política.

Para esse especial, fizemos uma pesquisa profunda dos significados de autocuidado para as mulheres, até chegar no nosso próprio, da Comum: entendemos autocuidado como um fator crucial para uma vida feliz, e, mais que isso, como um componente político de auto-preservação e resistência.

 
ver.png
 
 

Conteúdo, por tema.


#Autocuidado

Para além da visão simplista dos feeds do instagram.

 

Para de fato desenvolvermos autocuidado nas nossas vidas, precisamos alcançar o sentido mais profundo do termo. Para além do que falam sobre o assunto na web, nos feeds de instagram e nas capas de revista: o que é autocuidado, por uma perspectiva de desenvolvimento humano? Vamos, juntas, começar esse especial com a responsabilidade de refletir e aprender sobre o real significado de autocuidado para nós, mulheres.

 

#Corpo e mente

Caminhos de autocuidado em situações complexas, da vida real.

As redes sociais estão cheias de pílulas de autocuidado: faça isso, pare, respire, cuide da sua energia, beba água. Mas a realidade é bem mais complexa do que isso. Como ser capaz de cuidar de um corpo quando não gostamos do que vemos no espelho? Como zelar pela mente quando a depressão bate forte à porta? As histórias de Giovana e Gabrielle são um mergulho em jornadas profundas e genuínas de autocuidado em situações difíceis.

 
 

#Trabalho e Relações

O autocuidado que está dentro deve aparecer do lado de fora.

Autocuidado começa dentro da gente. Mas essa é só a primeira parte do processo. É importante cuidarmos de nós também através das relações e do trabalho que escolhemos ter - e que estão ali, conosco, todos os dias. Sem isso, corremos o risco de trilhar uma caminhada de cuidado difícil de sustentar a longo prazo. Aline Ramos e Priscila Barbosa nos contam, essa semana, como encontraram seus próprios caminhos de cuidado nessas duas áreas.

 
 

#O autocuidado é político

Autocuidado para mulheres na linha de frente.

Cuidado ganha uma outra perspectiva quando estamos num contexto de luta ou na militância do dia a dia - que começa por existirmos enquanto mulheres. Nessa semana, o foco é a dimensão política e interseccional de autocuidado, para todas as mulheres que estão, de um jeito ou de outro, na linha de frente.

 
encontro.png
 

Práticas

Práticas preciosas de autocuidado e resgate emocional.

Inspiradas no livro Resgate Emocional, escolhemos exercícios fundamentais para cuidarmos de nós mesmas. Ao longo das 5 semanas desse especial, buscamos descobrir formas de nos relacionarmos com mais habilidade com nossas emoções.

Os encontros de prática já aconteceram, mas os áudios estão disponíveis aqui, para você aproveitar à sua maneira, no seu tempo.

 
encontro 1.png

20.11 | Familiarizando-se com as próprias emoções.

Vamos falar sobre os conceitos gerais do livro Resgate Emocional e descobrir atitudes possíveis diante das emoções. Vamos praticar presença mental, firmando nosso compromisso individual com o processo.

encontro 2.png

27.11 | Atenção ao vão: criando distância entre nós e as nossas emoções.

Vamos abrir espaço para trabalhar com nossas energias emocionais. Vamos praticar nos distanciarmos de nossas emoções para podermos reagir a elas com consciência, detendo reações impulsivas.

encontro 3.png

04.12 | Visão Clara: enxergando a situação por completo.

Vamos levar o foco para as nossas relações para ver a união entre nós e o mundo. Buscando uma visão panorâmica, sem registrar somente elementos individuais, vamos investigar os padrões que nossas emoções seguem.

encontro 4.png

11.12 | Soltar: libertando-se das emoções.

Este será o momento de deixarmos ir os rótulos e a visão de que as emoções são estáticas. Vamos ampliar nossa visão para nos enxergarmos no ambiente e investigar as sensações de nos libertarmos das emoções.

encontro 5.png

18.12 | Conexão compassiva com as emoções para seguir caminhando.

No último encontro vamos falar sobre a importância da bondade e da visão positiva enquando lidamos com as emoções. Vamos praticar a compaixão com o nosso processo e trabalho com o que sentimos.

 
Área de login
Bem-vinda, (First Name)!

Esqueceu a senha? Mostrar
Entrar
Acessar área logada
Meu perfil Não é usuária? Cadastre-se Sair