`
 

Sexualidade: das construções internas às relações

A sexualidade vai muito além do sexo. Ela fala sobre a maneira que nos relacionamos com outras pessoas, sobre como nos colocamos no mundo. Fala sobre nós em diversos sentidos e recortes. E fala, é claro, sobre prazer. E falando sobre prazer, é importante lembrar que nossa sociedade tem uma relação bastante complicada com ele, ainda mais quando nós somos mulheres. O prazer, porém, é um dos combustíveis da vida – não apenas a sexual – e nós merecemos ter direito a ele.

 
 
Renata.png

Renata Pazos

 É psicóloga junguiana com especialização em abordagem corporal, atua na área clínica há alguns anos trabalhando com a relação entre mente e corpo através da calatonia e dos toques sutis. Feminista em (constante) construção, vem dedicando-se a buscar novas formas de atuação terapêutica a partir de um olhar feminista para a Psicologia e psicoterapia. Tem como foco o trabalho com as mulheres e com o público LGBT.

Maria Leonice

Psicóloca especializada em Cinesiologia Integrativa, Fisiopsíquica,  Jung e Corpo. Pós-Graduada em Arteterapia, pelo Instituto Sedes Sapientiae. 
Atua principalmente com antedimento clínido de crianças, adolescentes e adultos, orientação de pais, professores e família, supervisão clínica com base na psicologia analítica. Também é integrante  do projeto de aprendizagem socioemocional e coordenadora do cursos de calatonia e toques sutis. Tem grande afinidade e experiência com trabalhos terapeúticos corporais e em grupo.
 

 

"Uma maneira de controlar nossos corpos é controlar nossa sexualidade. Começa por não termos liberdade para entender quem somos, sexualmente falando, antes de nos imporem uma heterossexualidade compulsória. Passa por não sermos incentivadas a conhecer nossos corpos – pouquíssimas mulheres são incentivadas a conhecer seus corpos por meio da masturbação. E chega na nossa falsa liberdade sexual, que mais fala sobre dar prazer ao outro e ocupar um novo papel social do que buscar prazer para nós mesmas."


Essa imersão é um convite para todas as pessoas que se identificam com a construção sexual  da mulher e querem os caminhos que construíram de entendimento sobre o prazer, afetividade, corporalidade e outros aspectos que integram a sua própria sexualidade.

Partiremos do reconhecimento do que temos no campo teórico sobre o tema ao contato com nosso campo íntimo e interno, pra revelarmos questões fundamentais que nos levem ao lugar de menos culpa e mais liberdade e autonomia sexual.

Pra quem é?

Todas as mulheres que querem investigar sua sexualidade, questões sensíveis que envolvem seus aspectos e manifestações e buscam maior compreensão e autonomia sobre seu prazer.

O que vamos fazer?

Dia 1
9h30 - Café de Boas vindas.
10h - Rodada de Apresentação
11h - Introdução ao tema

- Construções internas e auto-imagem
- Sexualidade e afetividade
- Autonomia sexual

13h  - Pausa para almoço
14h  - Práticas: trazendo à tona aspectos internos
16 h - Roda de partilha e conversa
17h 30 - Fechamento

Dia 2
9h30 - Café de Boas Vindas
10h - Check in
11h - Corporalidade, sexo e nossas questões com nossos corpos
12h - Práticas para levar pra vida
13h - Fechamento
 

*Encontro aberto para assinantes e não assinantes.

*Esse encontro faz parte da Trilha de Sexualidade que estamos explorando na parte de assinantes da Comum nos meses de out/nov. Saiba mais aqui.

Quando?

Sábado,  3 de dezembro, das 9h30 às 17h30.

Domingo, 4 de dezembro das 9h30 às 13h.

Onde?

Casa de Trocas
Rua Brigadeiro Melo, 163 - Pacaembu |  São Paulo, SP.

Valor

R$ 88 para assinantes                                     
R$ 198 para não assinantes


Inscrições pelo Sympla:

 
 

Área de login
Bem-vinda, (First Name)!

Esqueceu a senha? Mostrar
Entrar
Acessar área logada
Meu perfil Não é usuária? Cadastre-se Sair