`
Sentry Page Protection

O poder da maquiagem

A história da maquiagem como a conhecemos hoje, é cheia de pioneirismo feminino, foi a criatividade de mulheres que transformou recursos escassos no que viriam a ser os primeiros cosméticos da história, mudando para sempre os padrões estéticos de suas eras.

A criação desse tipo de produto se deu por causa do desejo das mulheres em expressar individualidade. A maquiagem foi ferramenta essencial quando mulheres elisabetanas queriam emular a força e a nobreza de sua poderosíssima rainha, e foi um dos focos principais na luta pela liberdade sexual das mulheres no início do século passado.

De lá para cá muito mudou, a produção de maquiagem saiu da cozinha e se transformou em uma das' maiores e mais rentáveis indústrias do mundo. Mas quando se trata de beleza, existe algo que ultrapassou o tempo e continua presente na vida de mulheres que amam se maquiar, mesmo muitos anos após Elizabeth I fazer do batom vermelho uma tendência: a perseguição.

Há séculos mulheres que usam maquiagem são demonizadas (às vezes literalmente) por escolher mostrar suas identidades de forma diferente.

A maquiagem evoluiu para ser uma ferramenta usada para mulheres expressarem o desejo por independência em todos os aspectos de suas vidas, e por causa disso, a sociedade julgou seu uso como fruto de vulgaridade, insegurança e falsidade.

Soa familiar?

É engraçado como um debate que surgiu *no século XVII pode ser tão atual, e mesmo após tanto tempo, nós ainda temos que lutar com unhas dentes pelo direito de decisão sobre nossos corpos e imagens.

No mundo em que vivemos atualmente, a maquiagem também ganhou outros contextos e pode ser vista como meio de opressão. Eu aplaudo mulheres que se desfazem das amarras criadas por padrões que nos fazem acreditar que a beleza só existe onde não há "imperfeições", e que tudo o que nossos rostos expressam naturalmente (acne, manchas, sardas e rugas, por exemplo), devem ser cobertos.

Mesmo assim, dizer que a maquiagem é usada apenas para atender padrões é um erro que ignora sua origem e limita uma ferramenta tão versátil e tão cheia de potencial.

A maquiagem subverte essa ideia não só quando aparece em looks conceituais para as passarelas da moda, mas também no dia a dia de quem consegue traduzir suas melhores facetas com algumas pinceladas.

Pense no seu rosto como uma tela onde é possível pintar todas as versões que existem de você, a maquiagem nos dá chance de sermos o que quisermos, quando quisermos. Podemos ser delicadas ou exageradas, básicas ou fashionistas, suaves ou intensas, expressivas ou abstratas, contemporâneas ou clássicas, o ato de se maquiar pode trazer tantas oportunidades de interpretação para quem somos!

Existe algo mais empoderador do que ter total controle sobre como você se vê?


Nicole Duarte trabalha com moda e maquiagem é sua paixão. Seu blog, O Cabide, é ferramenta de luta contra a gordofobia, além de servir como apoio para jovens profissionais do segmento fashion. Instagram / Facebook

 

Área de login
Bem-vinda, (First Name)!

Esqueceu a senha? Mostrar
Entrar
Acessar área logada
Meu perfil Não é usuária? Cadastre-se Sair