`

Conheça organizações que podem ajudar mulheres em situação de violência doméstica

[Esse texto faz parte de uma série especial de conteúdo - 4 textos e um mini documentário - sobre a Lei Maria da Penha. O conteúdo completo estará disponível aqui.]

Nenhuma mulher imagina que será colocada em situação de violência. Nenhuma mulher planeja ou deseja isso. O primeiro momento é sempre de surpresa misturada com dor. Aquela é a pessoa que você ama e com quem você divide a vida. O medo, a culpa (sim, ela existe e resiste em todas nós) e o desamparo tomam conta de tudo.

É por isso que resolvemos juntar informações sobre lugares que podem acolher mulheres em situação de violência e ajudá-las a dar os próximos passos. Ir à delegacia não é fácil. Assumir ao mundo o que aconteceu também não. Decidir os próximos atos da nossa vida, muito menos.

Essa é uma lista em frequente atualização.

Você pode indicar nomes nos comentários ou nos enviar as informações de ONGs por email. O importante é dar meios para que mulheres se fortaleçam e busquem ajuda para sair de relacionamentos abusivos. Juntas.

Os aplicativos ou mecanismos de busca especializados também são de grande valor nesse momento. Destacamos o Guia da Cidadania, da Rede de Defesa de Direitos das Meninas e das Mulheres do Estado de São Paulo, que indica serviços em todo o país; o Mapa do Acolhimento que oferece terapia gratuita; e o Mamu - Mapa de Coletivos de Mulheres, em que você pode encontrar coletivos que oferecem ajuda frente a diversos tipos de violência.

Também, existe a Casa da Mulher Brasileira em algumas capitais do país (Campo Grande, Brasília e Curitiba). Ela integra, no mesmo espaço, serviços especializados para os mais diversos tipos de violência contra a mulher: acolhimento e triagem, apoio psicossocial, delegacia, juizado, Ministério Público, Defensoria Pública, promoção de autonomia econômica, cuidado das crianças, brinquedoteca, alojamento de passagem e central de transportes.

Vamos lá.

1. Amzol – Associação de Mulheres da Zona Leste

Endereço: 669 – R. Pedro Soares de Andrade, 619 – Vila Rosaria, São Paulo – SP
E-mail: amzol@ig.com.br

2. Associação Fala Mulher

Endereço: R. Álvaro Nunes, 184 – Campo Belo, São Paulo – SP
Telefone: (11) 3271-7099

3. Asbrad – Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude

Guarulhos/SP
Telefone: (11) 6440-6421 / 208-6448
E-mail: asbradguarulhos@ig.com.br

4. Bem Me Quer

Endereço: Avenida Brig. Luís Antônio, 683 Bela Vista – São Paulo
Telefone: (11) 3248-8000
E-mail: crsm-ouvidoria@saude.sp.gov.br

5. Casa Brasilândia

Endereço: R. Silvio Bueno Peruche, nº 538 – Vila Brasilândia
Telefone: (11) 3983.4294 ou 3984.9816
E-mail: casabrasilandia@ig.com.br

6. Casa da Mulher Lilith

Endereço: R. Paratiquara, 33 – ap 4, São Paulo – SP
Telefone: (11) 2917-3710
E-mail: casalilith@uol.com.br

7. Casa de Isabel

Endereço: Rua Prof Zeferino Ferraz, 486 – Itaim Paulista, Itaim Paulista, São Paulo – SP
Telefone: (11) 2025-3271 ou  2566-1110
E-mail: casadeisabel@terra.com.br

8. Casa Eliane de Grammont

Endereço: Dr. Bacelar, nº 20 – Vila Vila Clementino
Telefone: (11) 5549-9339 ou 5549-0335
E-mail: caseliane@yahoo.com.br

9. Casa Sofia

Endereço: R. Luís Baldinato, 78 – Jardim Sonia Regina, São Paulo – SP
Telefone: (11) 5831-9486 ou 0800-7703053 (para casos de violência)
E-mail: casasofia@uol.com.br

10. Centro da Mulher 8 de Março/PB

João Pessoa/PB
Telefone: (83) 241-8001 / 241-6828
cm8mar@uol.com.br
cm8mar@terra.com.br

11. CIM – Centro Informação Mulher

Endereço: R. Cel. Xavier de Toledo, 210 – 111/112 – Consolação, São Paulo – SP
Telefone: (11) 3151-3660
E-mail: centroimulher@ig.com.br

12. Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde

São Paulo/SP
Telefone: (11) 3812-8681
E-mail: cfssaude@uol.com.br

13. Rede de Apoio às Mulheres Vítimas de Violência

Brasília/DF
Telefone: (61) 9226-7400
E-mail: faleconosco@mulheradvogada.com

14. Rede Feminista de Juristas

São Paulo/SP
Email: defemde@gmail.com

15. Themis – Assessoria Jurídica e Estudos de Gênero

Porto Alegre/RS
Telefone: (51) 3212-0104
Email: themis@themis.org.br

16. Todas Marias

Curitiba/PR
Telefone: (41) 9814-7239
E-mail: ongtodasmarias@gmail.com

17. União de Mulheres de São Paulo

Endereço: Rua Coração da Europa, 1395, Bela Vista - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3283-4040
E-mail: faleconosco@uniaodemulheres.org.br

18. ONG Nova Mulher

Endereço: Rua Adolfo Kurt Bohem, 43 - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3859-3411

19. ONG Santa Fé

Acolhe meninas vítimas de violências, maus tratos e abusos.

Endereço: Rua Rio Grande, 853, Vila Mariana - São Paulo - SP
Telefone: (11) 5083-0092 ou 5549-0564
E-mail: contato@santafe.org.br

20. Casa Tina Martins

Nasceu de uma ocupação em um prédio público no centro de BH, ainda em caráter provisório. É uma casa autogestionada e sem fins lucrativos, que acolhe mulheres que sofreram violência doméstica em várias frentes de atuação.

Endereço: Rua paraíba, 641, Funcionários - Belo Horizonte - BH
E-mail: contato@santafe.org.br

A ideia é que a gente consiga, de forma colaborativa, reunir mais e mais nomes pelo país, pra essa lista crescer e, quem sabe, virar um mapa, uma ferramenta que possa ajudar as mulheres de forma prática e rápida.

Contamos com você. Quem você conhece que pode ser uma mão amiga, um amparo, um auxílio à mulheres vítimas de violência doméstica?


No dia 7 de agosto, domingo, a Lei Maria da Penha completa 10 anos. Por isso, aqui na Comum, decidimos dedicar a semana a assuntos ligados à violência doméstica, em uma jornada especial de conteúdo. Serão 4 textos e um mini documentário sobre a lei, dirigido pela Luiza De Castro e pela jornalista Nana Soares. Se quiser acessar todo o conteúdo de especial, clique aqui.


Carol Patrocinio é jornalista e divide seu tempo entre escrever para diversas publicações sobre assuntos relacionados ao mundo feminino e ao feminismo, como o Ondda, seu canal no Medium e consultorias para negócios que querem falar com as mulheres.

Área de login
Bem-vinda, (First Name)!

Esqueceu a senha? Mostrar
Entrar
Acessar área logada
Meu perfil Não é usuária? Cadastre-se Sair