`

"Se morrer é natural, ser morto, assassinado não é": Uma conversa com Iara Amora, integrante da equipe do mandato coletivo de Marielle Franco

Quando uma tragédia rasga a cartilha do cotidiano e comove multidões, de que forma podemos utilizar essa potência que é o enlutamento coletivo para lutar em nome de mudanças estruturais e políticas que beneficiem a sociedade? Conversamos com Iara Amora, ex-assessora parlamentar da vereadora Marielle Franco sobre o assunto e sobre quais planos de ação podemos traçar para prevenir que mais tragédias como essa se repitam.

Leia a entrevista aqui >

O fim como princípio — Um relato inspirador de Cris Guerra sobre perdas, luto e renascimento

O fim como princípio — Um relato inspirador de Cris Guerra sobre perdas, luto e renascimento

Cultivar uma relação mais leve com o fim das coisas passa por compreender que não temos controle sobre elas. Cris Guerra perdeu os pais, teve dois abortos e, por fim, viu o companheiro morrer bem na sua frente. Nesse relato, conta como transmutou o luto — e renasceu da experiência.

Leia mais aqui >

É o poder: Grazi Meyer ensina exercícios para entender nossa sensualidade

É o poder: Grazi Meyer ensina exercícios para entender nossa sensualidade

Para perceber e explorar a forma como nos movemos pelo mundo, pedimos que Grazi propusesse exercícios simples, que podem ser praticados por qualquer uma de nós. A única coisa que você vai precisar, de início, é um pouco de curiosidade por você mesma e por suas potencialidades. Vamos? 

Série "Mulheres que impulsionam outras": uma entrevista com Viviane Duarte, fundadora da Plano de Menina

Série "Mulheres que impulsionam outras": uma entrevista com Viviane Duarte, fundadora da Plano de Menina

Aqui na Comum, usamos o mês de março para, de fato, olhar para como estamos, individualmente, catapultando os movimentos de outras mulheres. Entrevistamos 3 mulheres que trabalham com o desenvolvimento de outras mulheres, por viéses diferentes. Vem ver.

Muito além do 8 de março: o que podemos fazer para beneficiar as mulheres ao nosso redor?

Muito além do 8 de março: o que podemos fazer para beneficiar as mulheres ao nosso redor?

Esse texto não é um guia sobre o que fazer ou não fazer no dia das mulheres. Não é sobre certo e errado. Comprar ou não uma flor, aproveitar ou não uma promoção de máquina de lavar do extra.com. É sobre uma visão mais perene de como podemos beneficiar mulheres ao nosso redor para muito além do 8 de março.

Área de login
Bem-vinda, (First Name)!

Esqueceu a senha? Mostrar
Entrar
Acessar área logada
Meu perfil Não é usuária? Cadastre-se Sair