`

"Gorda e obesa não são a mesma coisa": último episódio da nossa série sobre Gordofobia

Usamos a palavra obesidade com mais frequência do que deveríamos. Utilizamos o termo para designar pessoas gordas — isso quando não fazemos com que ambos tenham conotação negativa. Mas linguagem importa porque palavras ditas sem lucidez perpetuam uma série de violências que vão, boca a boca, sendo normalizadas.

De acordo com a medicina, obesidade é uma doença. Na prática, significa que uma pessoa gorda não necessariamente é obesa. E aí, talvez, esteja um dos esclarecimentos mais importantes: ser gorda não é patologia, é biotipo.

 

“Precisamos reafirmar que gorda é biotipo, como um corpo magro, um corpo intermediário. Tem uma possibilidade imensa de corpos que precisamos reconhecer.”
Giovana Camargo

 

Quando falamos numa mudança de paradigma, estamos falando que a transformação tem de acontecer em muitos âmbitos: acadêmico, médico, educacional, social. É necessário que estejamos empenhados em derrubar mitos e substituí-los por um espaços de vivência mais justos, igualitários, sem opressão.

Durante nossa série Gordofobia, Rachel Patrício e Giovana Camargo colocaram em xeque questões importantes que rodeiam o assunto: pressão estética x opressão, patologização de corpos e cerceamento de direitos. Para quem não assistiu, eis aqui um convite para que parem o que estiver fazendo e dediquem vinte minutos do seu dia para esse conteúdo precioso. Todos os espisódios da série estão aqui, no nosso canal do Youtube.

Com os conteúdos em dia, partamos, então, do primordial: para entender, precisamos escutar quem é oprimido. Depois, caso sejamos as pessoas privilegiadas dessa história, que saibamos nosso lugar de ação. E que, então, comecemos pelo básico: desconstruindo diariamente nosso próprio olhar — e colaborando para que os nossos também façam o mesmo. 


Gabrielle Estevans é jornalista, editora de conteúdo, coordenadora de projetos com propósito e cientista poética. Certa feita, enamorou-se pela palavra inefável. Desde então, também mantém uma lista de pequenas coisinhas indizíveis.




 

Área de login
Bem-vinda, (First Name)!

Esqueceu a senha? Mostrar
Entrar
Acessar área logada
Meu perfil Não é usuária? Cadastre-se Sair