`
Sentry Page Protection

#6 Práticas: respiração e energia vital

Somos alimentadas pela respiração. Cada célula do nosso corpo depende dela.

Ainda assim, com anos de estresse, desaprendemos a respirar. A vida de tempo cronometrado, milhares de afazeres, trânsito e caos da cidade grande faz com que a gente respire como a gente vive: apressadas. Puxadas curtas de ar, muito tempo sem respirar profundamente.

Do outro lado, a forma que respiramos é capaz de influenciar brutalmente nosso estado emocional. Certas respirações acalmam, abaixam a pressão e diminuem a tensão, enquanto outras podem aumentar o nível de energia e disposição.

Pra gente se reconectar com essa arma tão simples e poderosa de influência emocional e cura que  podemos dar a nós mesmas, e renergizar sempre que precisarmos, vou trazer aqui 4 técnicas de respiração que aprendi com a Sabrina Andrade, e uma especial e intensa, o chakra loop, pra gente praticar durante todo o ano de 2017.

Sugiro que o chakra loop seja feito com calma, no começo do ano.

Vamos lá:

1 .  Diminuindo o estresse e a ansiedade

Uma forma de aliviar a ansiedade ou a raiva consiste em uma técnica de respiração de três passos:

Passo 1 — Respirar profundamente pelo nariz, expandindo o abdômen
Passo 2 — Expirar pelo nariz, soltando todo o ar possível e contraindo o abdômen
Passo 3 — Suspender a respiração por alguns segundos

Esse tipo de respiração gera uma desaceleração no metabolismo, acalmando.

2 .  Estimulando o corpo e a mente

Essa respiração é um jeito natural de aumentar seu nível de energia e disposição, como um energético, um café ou um doce, só que sem os efeitos colaterais:

Passo 1 — Respirar profundamente pelo nariz, expandindo o abdômen
Passo 2 — Suspender a expiração por alguns segundos
Passo 3 — Expirar lentamente pelo nariz, contraindo o abdômen

Ao respirar profundamente e reter o ar por um tempo, você está aumentando a oxigenação no sangue. Mais oxigênio significa mais energia.

3 .  Restabelecendo o ritmo: relaxando após exercícios

Durante exercícios, existe o aumento nos batimentos cardíacos e na velocidade da respiração, além do surgimento de um estado de euforia e bem estar.

Aplicar a técnica #1 para acalmar pode te deixar sem ar e se sentindo fraca. É necessário que haja um fluxo de ar constante no corpo para diminuir o estímulo físico provocado pelo exercício sem desacelerar demais o corpo.

Passo 1 — Respire profundamente pelo nariz, expandindo o abdômen
Passo 2 — Expirar profundamente pelo nariz, contraindo o abdômen

Não existe retenção da respiração, o que permite que o corpo volte ao seu estado natural. E lembre-se de respirar expandindo o abdômen, sempre.

4 . Usando um foguete para aumentar sua energia

Essa última técnica é como se fosse um raio de energia passando pelo corpo, causando um estado de alerta. Não é recomendada para quem está estressado ou ansioso ou em algum estado emocional de euforia.

Ela funciona de forma similar a técnica #2, mas o processo respiração é muito mais rápido, trazendo uma grande quantidade de oxigênio em um curto período de tempo para a corrente sanguínea.

A respiração acontece no abdômen, deve ser feita de forma rápida e não ser repetida por muito tempo (pode provocar tontura).

Passo 1 — Inspire rapidamente pelo nariz, expandindo o abdômen
Passo 2 — Expire rapidamente pelo nariz, contraindo o abdômen

Como a maioria das pessoas tem dificuldade para respirar expandindo o abdômen e respira expandindo apenas a caixa toráxica, esse tipo de respiração requer treinamento ,  ou um esforço consciente.

Chakra Loop: respiração como poder de ativação de energias sutis

Em 2015, fui em um retiro de 15 dias de tantra que foi bem importante pra mim.

Lá, aprendi, antes de tudo, a me conectar com a força dos chakras e de energias sutis que carregamos com a gente e que, através de exercícios, podemos ativar. Elas conectam o físico, o corpo, com um aspecto inconsciente e coletivo.

Um dos exercícios de respiração mais potentes que fiz foi o chakra loop, uma respiração circular que acontece através da ativação de todos os chakras pela respiração.

Funciona assim:

1. Fique sentada em posição de meditação, ou deitada com os pés apoiados no chão. Minha posição predileta é deitada, considerando que a prática é longa.

2. Respire no primeiro chakra e expire nos chakras seguintes - 2, barriga, 3, pléxo solar, 4 garganta, 5 coração, 6 terceiro olho e 7, topo da cabeça - conforme os áudios instruem.

3. As respirações seguem com os demais chakras, formando pequenos ciclos.

4. No fim, há uma pausa de descanso. Provavelmente você vai ter experimentado hiperventilação e um estado de conexão bem potente. Tome seu tempo, sinta seu corpo, as sensações que a respiração intensa causou e o que vem à tona de mundo interno a partir dessa prática. Ela é muito potente.

5. Os áudios estão em inglês (não consegui outros em português), mas são intuitivos, considerando que os ciclos são ordenados pelos chakras.

Depois que testar, ou se tiver dúvidas, compartilhe lá no fórum, pra gente seguir trocando.

Boa sorte, e respira. Sempre.


Anna Haddad é fundadora da Comum. Escreve pra vários veículos sobre educação, colaboração, novos negócios e gênero, e dá consultorias ligadas à comunicação, comunidades digitais e conteúdo direcionado pra mulheres.

Área de login
Bem-vinda, (First Name)!

Esqueceu a senha? Mostrar
Entrar
Acessar área logada
Meu perfil Não é usuária? Cadastre-se Sair