`

#19 Papo online "Alimentação para o autocuidado" com Mel Setubal.

Falar de comida, de alimentação, de dieta, de nutrientes, de saudável, tem sempre um espaço para a polêmica, para as contradições, para as receitas prontas, e, claro, para uma sensação sem fim de culpa e inadequação. Este é um dos temas mais confusos quando falamos de saúde, ainda mais quando adentramos o misterioso e inexplorado caminho da saúde autônoma.

Se a gente para e pensa na quantidade de informações por aí que nos dizem o que devemos ou não comer, em como devemos comer, em quão errado estamos comendo, em que tudo depende da gente ter força de vontade e disciplina para seguir um plano alimentar, que o segredo de perder peso é só fechar a boca — e por aí vai! — começamos a entender por que falhamos miseravelmente em conseguir ficar em paz com o que comemos, como comemos, com nosso peso, com nossa saúde, com nosso corpo, com nossa autoestima.

A Melissa Setubal é especialista em Saúde Integrativa e se dedica a promover o cultivo de uma relação consciente das mulheres com a comida e na relação dos alimentos com a saúde física e mental para que seja possível viver em paz com a gente mesma. Ela propõe a reflexão sobre os tipos de fome que nos fazem buscar por comida por conta de estímulos sensoriais, emoções, padrões sociais, necessidades fisiológicas e até variações do nosso ciclo menstrual. Como uma das colaboradoras da nossa trilha, escreveu sobre estas questões neste texto e conversou conosco sobre como podemos utilizar a alimentação para o nosso autocuidado.

Confira a conversa na íntegra, em vídeo ou áudio:


A conversa sobre Saúde Autônoma está rolando no fórum:

faça login para ver a conversa e se conectar direto ao tópico de saúde autônoma

Área de login
Bem-vinda, (First Name)!

Esqueceu a senha? Mostrar
Entrar
Acessar área logada
Meu perfil Não é usuária? Cadastre-se Sair