`
Sentry Page Protection

#22 Para não esquecer da autocompaixão

Sabe aqueles bilhetinhos que a gente deixa pra nós mesmas por aí? Aquele que nos lembra que somos competentes, outro que diz que somos lindas e um outro que diz que você precisa lembrar de respirar? Esse texto é quase um desses!

Estamos quase embarcando em uma nova Trilha, agora falando sobre sexualidade e olhando para dentro de uma maneira diferente, mas não podemos deixar de nos lembrar como a autocompaixão precisa estar presente em todos os momentos.

Esse último vídeo da Carol Bertolino é sobre isso: lembretes que precisamos carregar com a gente todos os dias. O resumo é:

A autoestima depende de outro, a autocompaixão só depende de você

Olhar para dentro é muito mais valioso do que se enxergar de acordo com o olhar do outro

Esqueça o juízo de valor em casa

Tudo depende de como você responde aos estímulos: mais amor a você mesma

No fim das contas, o que nos guia aqui na Comum e que buscamos para a vida é o conceito de humanidade comum: temos muito mais coisas que nos unem do que nos separam. O mundo fica muito mais bonito quando usamos essa lente para enxergá-lo.


Quer ver tudo o que passou e relembrar as coisas? Organizamos esse cantinho para você!


Carol Patrocinio é jornalista e divide seu tempo entre escrever para diversas publicações sobre assuntos relacionados ao mundo feminino e ao feminismo, como o Ondda, seu canal no Medium e consultorias para negócios que querem falar com as mulheres.

Área de login
Bem-vinda, (First Name)!

Esqueceu a senha? Mostrar
Entrar
Acessar área logada
Meu perfil Não é usuária? Cadastre-se Sair